Cine Pedal Brasil Floripa 2016

13227049_816837341794284_5546318177710018667_n

Não é todo o dia que a você pode ajudar a projetar um filme com a sua energia!

A 1ª edição do Cine Pedal Brasil te convida a participar de um fim de semana inédito. Durante os dias 28 e 29 de maio, a Praça Bento Silvério na Lagoa da Conceição recebe um encontro de pessoas que querem fazer diferente.

Vem de Bike transformar várias histórias e contá-las com um final bem mais feliz :) O nosso evento é gratuito e ao ar livre. Mesmo quem não tem Bike pode ver os filmes e os debates. Vamos falar de acesso democrático ao conteúdo audiovisual, energia limpa e mobilidade urbana em uma experiência interativa e colaborativa, que fica ainda mais inesquecível junto da família e dos amigos.

Os filmes:

Bike vs Carros – Com roteiro e direção de Fredrik Gertten, o filme aborda a questão da mobilidade urbana e como a indústria automobilística influencia nas políticas públicas das cidades.

O Menino e o Mundo – Sofrendo com a falta do pai, um menino deixa sua aldeia e descobre um mundo fantástico dominado por máquinas‐bichos e estranhos seres. Uma inusitada animação com várias técnicas artísticas que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança.
E todo mundo sabe que uma pedalada e uma sessão de filmes dá aquela fome. Por isso, nossas Foodbikes estarão à postos para agradar aos mais diversos paladares. É só pegar o camelo e vir com a gente!

1º Cine Pedal Brasil

Programação:
15h l Abertura do evento: inicio de cadastro de voluntários e ativação das tendas de relacionamento
16h l Subida da Tela e início de música;
17h l Diálogos Com o Público – debate entre representante do filme a ser exibido e profissionais ligados à sua temática;
18h30 l Exibição do filme;
21h l Fim da programação.
Entrada gratuita

Exposição do arquiteto catalão Antoni Gaudí no Masc

99040216

Onde: Museu de Arte de Santa Catarina (Masc)

Endereço: Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica
Quanto: Gratuito

Após o sucesso da maior exposição no Brasil de Joan Miró (1893 – 1983), “A Força da Matéria”, no ano passado, a Arteris e o Instituto Tomie Ohtake trazem a Florianópolis a mostra do arquiteto Antoni Gaudí (1852 – 1926), um dos símbolos do modernismo catalão e conhecido por diversos edifícios históricos de Barcelona e outras cidades espanholas. A exposição irá trazer desenhos, maquetes originais, esculturas e até móveis concebidos pelo arquiteto.

A data da exposição ainda não está definida, mas já foi confirmada para segundo semestre de 2016 no Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), no Centro Integrado de Cultura (CIC). Em 2015, o espaço recebeu a exposição de Miró, maior já realizada no museu. Cerca de 70 mil pessoas visitaram a mostra do artista espanhol.

Conhecido por inspirar-se nas formas e movimentos da natureza, Gaudí quebrou paradigmas ao criar um novo tipo de arquitetura, definida como naturalista e fundamentada na utilização dos materiais até o limite da resistência. Ele buscava a funcionalidade nas obras, mas encontrava a beleza.

O catalão tinha um método de trabalho incomum para a época: modelos tridimensionais em escala moldados pela gravidade e a técnica catalã tradicional do trencadis, que consiste de usar peças cerâmicas quebradas para compor superfícies.

Dentre as obras mais famosas está o templo cristão A Sagrada Família, em Barcelona. Ele assumiu a obra em 1883, aos 31 anos de idade, e dedicou-se a ela até o final da vida. A igreja é considerada uma obra prima da arquitetura. Tem cinco naves, com cruzeiro de três que foram uma cruz latina. Ainda está em construção e quando estiver concluída terá 18 torres.

Antoni Plàcid Guillem Gaudí Cornet nasceu na província de Tarragona, na Catalunha. Ainda criança teve problemas reumáticos que o acompanharam durante toda a vida. O pai precisou vender imóveis da família para pagar os estudos do futuro arquiteto e Gaudí trabalhou com alguns mestres de obras em Barcelona quando era estudante. Chegou ao auge da fama aos 58 anos. O espanhol morreu atropelado, aos 74 anos.

Leão-marinho toma banho de sol no Itaguaçu, em Florianópolis

19199841

O bicho permaneceu no alto de uma pedra tomando banho de sol, e o telespectador da RBSTV Aroldo Cardoso registrou a presença. Segundo a Polícia Ambiental, é comum o aparecimento da espécie nesta época do ano com as águas mais frias. Eles saem de suas colônias no Uruguai e Argentina para se alimentar acompanhando as correntes marítimas, e por estarem cansados, podem ficar em nossas praias por até uma semana.

Acompanhamento

Uma equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) esteve no local e fez o monitoramento do animal. A instituição está fazendo uma campanha intitulada “Deixe o Leão descansar”, que indica que é preciso manter a distância destes animais, afastar cães e outros animais para evitar a transmissão de zoonoses e nunca tentar alimentá-los ou colocá-los na água, pois normalmente estão exaustos, apenas querendo descanso.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobrás de produção e escoamento de petróleo e gás natural no pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. O objetivo do projeto é avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e mortos.

Previsão de boas ondas em todo litoral Catarinense

Foto;Swellalerta

Foto;Swellalerta

 

 

A ondulação de sul que passou meio de raspão ontem na costa catarinense (foto), já perdeu força hoje…

A partir de sábado uma nova ondulação de ESE promete boas ondas para toda semana, nada muito expressivo, mas com boa direção e força.

Vento variando bastante de direção de fraco a moderado, com essas condições quase todos os picos de surf de SC funcionam.