Guarda do Embaú Pico busca título de proteção

guarda

Desde julho de 2013, a Guarda do Embaú é a única praia do Brasil a concorrer ao título de Reserva Mundial de Surfe. A iniciativa é da ASPG (Associação de Surfe e Preservação da Guarda do Embaú), que inscreveu a praia junto ao Save the Waves Coalition, com sede na Califórnia (EUA), para inclusão da onda entre aquelas que desejam concorrer à certificação, em um programa que existe desde 2009 e tem como parceiros a ISA (International Surfing Association), a NSR (National Surfing Reserves Australia) e a CREST (Center for ResponsibleTravel), de Stanford, nos Estados Unidos.

Conforme a mensagem do Comitê Especial da ASPG, que produziu o projeto este ano, comparando a primeira inscrição para a candidatura da Guarda do Embaú, com essa, em 2016, é possível ver claramente o nível de apoio aumentando ano a ano, não só por parte da comunidade local, mas também de diversas instituições do estado de Santa Catarina e por personalidades dos mais variados segmentos.

“A aplicação da ASPG está extremamente bem feita”, disse Nik Strong, diretor executivo da Save the Waves Coalition, responsável pela inscrição do pico brasileiro. De acordo com Nik,  a escolha da nona Reserva Mundial de Surf será feita no final de outubro ou início de novembro deste ano.

Em 2015, a Guarda ficou entre as três praias finalistas para receber o título de oitava Reserva Mundial de Surfe (RMS), juntamente com Noosa e Gold Coast, na Austrália. Esta última acabou sendo a escolhida.

Localizada ao sul do município de Palhoça, distante cerca de 50 km de Florianópolis (SC), a Guarda do Embaú é um vilarejo inserido no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, ponto privilegiado da Mata Atlântica. É considerado é um dos locais mais belos do mundo, ficando entre um costão que avança mar adentro e uma ponta de areia recortada pelo Rio da Madre. Esta característica faz com que ondas de excelente qualidade quebrem na boca do rio e em sua orla, atraindo a atenção dos surfistas do país e do mundo.

E foi pensando na continuidade destas características para as futuras gerações, principalmente no quesito “ondas de excelência”, que a ASPG, com 29 anos de atividades, fez o pedido, cuja escolha é realizada anualmente. Desde então, a ASPG intensificou suas ações para obter apoio e divulgar a ideia, pois sua diretoria entende que a iniciativa visa criar ferramentas para educar, conscientizar e auxiliar a gestão pública desses lugares considerados especiais como a Guarda do Embaú, além de fornecer instrumentos às comunidades locais para proteger as ondas e o seu entorno, buscando alertar as pessoas sobre a necessidade de projetos que visam o Turismo com sustentabilidade e responsabilidade.

Reservas pelo mundo – Oito RMS (Reservas Mundiais de Surfe) já foram consagradas no planeta: Santa Cruz e Malibu, nos Estados Unidos, Baía de Todos os Santos, no México, Ericeira, em Portugal, Huanchaco, no Peru, Manly Beach e Gold Coast, na Austrália, e Punta Lobos, no Chile, sendo incluídas em um modelo global de preservação das ondas, zonas de surfe e ecossistemas.

Todas foram avaliadas e escolhidas com base em quatro critérios: qualidade da onda, características ambientais, cultura e história e apoio da comunidade.

Iroman Floripa 29/05/2016

images

No último domingo do mês, dia 29 de maio, será realizada a 16ª edição do Ironman Florianópolis, a mais tradicional e importante da série de eventos do Circuito Ironman no país. O evento reunirá mais de dois mil competidores de 38 países, fato que comprova sua importância no cenário internacional. Vale destacar que estão em jogo os pontos no ranking e a premiação de 75 mil dólares para a elite. Além disso, os atletas na faixa etária disputam as 75 vagas para o Mundial Ironman 2016, que acontecerá no Havaí.

O desafio será de 3,8 quilômetros de natação, 180,2 quilômetros de ciclismo e 42,2 quilômetros de corrida, com tempo limite de 17 horas. A largada da elite masculina será às 6h45, largando a elite feminina às 6h50 e a faixa etária, por ondas, a partir das 7h05. A área de transição será no Clube Doze de Agosto, onde também estará montada a Expo Ironman e uma série de atrações para o público.

Por falar em elite, a etapa contará com 61 competidores, representando 15 países. Em relação ao Brasil, serão três atletas no feminino: a atual campeã Ariane Monticeli, a vencedora do 70.3 Rio de Janeiro do ano passado, Mariana Borges, e Bruna Mahn. No masculino serão 11 brasileiros, sendo que Guilherme Manocchio, campeão do Ironman Fortaleza 2015, e Fábio Carvalho, vencedor do 70.3 Foz do Iguaçu em 2014, são alguns dos destaques que brigarão pelo topo do pódio.
Confira os inscritos na elite:
Feminino:

ALICIA KAYE (USA)
AMANDA STEVENS (USA)
ANGELA NAETH (CAN)
ARIANE MONTICELI (BRA)
BROOKE BROWN (CAN)
BRUNA MAHN (BRA)
CAIT SNOW (USA)
DEDE GRIESBAUER (USA)
ELIZABETH LYLES (USA)
ERIN SPITLER (USA)
GURUTZE FRADES (ESP)
HELENA HERRERO GOMEZ (ESP)
JULIA GAJER (DEU)
KARINA OTTOSEN (DNK)
KIRSTY JAHN (CAN)
KRISTIN MÖLLER (DEU)
LAUREL WASSNER (USA)
LAUREN BRANDON (USA)
LUCIE ZELENKOVA (CZE)
MACKENZIE MADISON (USA)
MAREEN HUFE (DEU)
MARIANA BORGES DE ANDRADE (BRA)
MOLLY ROOHI (USA)
NATASCHA BADMANN (CHE)
REBEKAH KEAT (AUS)
SALETA CASTRO NOGUEIRA (ESP)
TINE HOLST (DNK)
VANESSA RAW (GBR)

Masculino
ALEXANDRE MOURA (BRA)
ANDREAS NIEDRIG (DEU)
ANTON BLOKHIN (BLR)
BARRETT BRANDON (USA)
BRENT MCBURNEY (USA)
BRENT MCMAHON (CAN)
CARLETTO CHRISTIAN (ARG)
CHRIS MCDONALD (AUS)
DANIEL FONTANA (ITA)
DANILO MELO (BRA)
DIEGO SERDÁ (ARG)
EDUARDO DIAZ (ARG)
FABIO CARVALHO (BRA)
FELIPE DE OLIVEIRA MANENTE (BRA)
FELLIPE SANTOS (BRA)
FRANK SILVESTRIN (BRA)
GUILHERME MANOCCHIO (BRA)
HARRY WILTSHIRE (GBR)
KEVIN COLLINGTON (USA)
LUIS HENRIQUE OHDE (BRA)
MARCUS VINICIUS FERNANDES (BRA)
MARIO DE ELIAS (ARG)
MICHAEL JOHN DAVIDSON (ZAF)
MIKE AIGROZ (CHE)
NICK BALDWIN (GBR)
PAUL MATTHEWS (AUS)
PEDRO SILVA GOMES (PRT)
RONNIE SCHILDKNECHT (CHE)
SANTIAGO ASCENÇO (BRA)
STEFAN SCHMID (DEU)
THIAGO VINHAL (BRA)
TIM DON (GBR)
WILLIAM CLARKE (GBR)

Previsão de boas ondas em todo litoral Catarinense

Foto;Swellalerta

Foto;Swellalerta

 

 

A ondulação de sul que passou meio de raspão ontem na costa catarinense (foto), já perdeu força hoje…

A partir de sábado uma nova ondulação de ESE promete boas ondas para toda semana, nada muito expressivo, mas com boa direção e força.

Vento variando bastante de direção de fraco a moderado, com essas condições quase todos os picos de surf de SC funcionam.

Abertura da segunda edição do Circuito Moçambique Surf 2016 acontece neste sábado, em Florianópolis (SC).

 Abertura da segunda edição do Circuito Moçambique Surf 2016 acontece neste sábado, em Florianópolis (SC). Foto: Rafael Boca.


Abertura da segunda edição do Circuito Moçambique Surf 2016 acontece neste sábado, em Florianópolis (SC). Foto: Rafael Boca.

A primeira etapa do 2º Circuito Moçambique Surf 2016 terá início neste sábado (9/4), na praia do Moçambique, em Florianópolis (SC).

Já na primeira etapa, serão distribuídos R$ 15 mil em prêmios e quatro pranchas Tractor Surf Boards nas categorias Open, Interna, Master e Junior.

Na categoria Expression Session, o atleta que fizer a manobra mais alucinante leva uma prancha zerada da Lost, prêmio oferecido pela loja virtual Black’s Boardhouse.

Para o campeão da categoria Open do circuito, pelo segundo ano consecutivo estará em disputa uma passagem internacional para o Peru patrocinada pela agência de viagens Boll Turismo. Em 2015, o grande campeão do circuito foi o surfista de Florianópolis Ronaldo Silveira.

O prazo das inscrições se encerra no dia 6 de abril. O custo é de R$ 50 por categoria e as vagas são limitadas.

Locais de Inscrição

– Kanoas Bar (Rodovia João Gualberto Soares – 6680 – bairro Rio Vermelho – Floripa), das 12 às 15h.

– Lotéricas e Agências da Caixa Econômica Federal.

Dados da conta para depósito: agência 3392, código 013, conta poupança 3236–3, em nome de Rafael Castro Teixeira.

O comprovante de depósito deve ser enviado para o email surfnareal@hotmail.com. Para obter mais informações, entre em contato com Rafael Boca pelo telefone (48) 9965-2901 ou com Rodrigo Franzoni pelo telefone (48) 9646-4789.

*Colaborou Equipe Shoreline Surf Skate

Bandeira Azul será hasteada esta semana na Lagoa do Peri

Critérios como educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental, foram alguns dos quesitos exigidos pelo programa

O selo é concedido às praias e marinas que cumprem os critérios divididos em: educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental.

O Parque da Lagoa do Peri receberá nesta quinta-feira, 10, a certificação “Bandeira Azul”. O selo é concedido às praias e marinas que cumprem os critérios divididos em: educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental

O Programa Bandeira Azul teve inicio em 1987 na Europa, já no Brasil foi instituto em 2004, e tem como objetivo elevar o grau de conscientização dos tomadores de decisões para as necessidades de proteger o meio ambiente e incentivar a realizações de ações que conduzam á resolução de conflitos existentes.

Para poder concorrer a esta certificação o município desenvolveu alguns processos de reestruturação no parque como a acessibilidade e atividades voltadas para a educação ambiental. Todas as avaliações necessárias foram julgadas por júris nacionais e internacionais em países como a Dinamarca e Brasil.

Documentário sobre a história do surfe em Florianópolis terá exibição gratuita no CIC

Equipe que produziu o filme fez uma série de filmagens nas praias da capital catarinense 
Foto: Marcos Delboux/ Site oficial Pegadas Salgadas

Pegadas Salgadas’ mostra como o surfe contribuiu para determinar o perfil cultural, social e turístico da Capital.

O cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) exibirá a partir de sexta-feira, 11, o documentário “Pegadas Salgadas” (2012, 76min). O filme será exibido às 20h, com entrada gratuita. A exibição ocorre também sábado e domingo, no mesmo horário.

Dirigido por Luciano Burin, o documentário oferece um panorama de como a cultura do surfe se faz presente de maneira decisiva na Ilha de Santa Catarina, contribuindo para determinar o perfil cultural, social e turístico de Florianópolis.

Campeche de volta ao Circuito Catarinense

Surf no Campeche

Um dos picos de surf mais disputados de Floripa abre suas portas para receber o Campeonato Surf HD Campeche.

A ASC – Associação de Surf do Campeche, volta ao Circuito Catarinense e, reiniciando seu trabalho em grande estilo, realizará o Surf HD Campeche, no próximo final de semana (28 e 29/11) a partir das 8 horas no Pico dos Surfistas, na praia do Campeche.

O evento vale como a oitava etapa do ranking catarinense de surf amador. Além disso, 1.000 pontos estarão em jogo nas seguintes categorias: Iniciante, Infantil, Mirim, Júnior, Master, Kahuna, Feminino e Open no Circuito Catarinense. Também haverá disputa na categoria Interna e Longboard.

As inscrições custam R$ 50 podem ser feitas na Surf Local Skate Shop, localizada à Avenida Campeche, 2.064, ao lado do Mercado Dezimas ou na loja Jamaica, no Centro Comercial ARS, localizado na Rua Felipe Schmidt, 249 – Loja 07 – Centro, Florianópolis.