Litoral de Santa Catarina é o que tem mais pontos com certificação Bandeira Azul no Brasil

peri

Santa Catarina é o estado com maior número de pontos aprovados no programa Bandeira Azul, importante reconhecimento internacional de certificação ambiental para praias e marinas. Dos nove pontos aprovados no Brasil para a temporada 2016 / 2017, quatro estão no litoral catarinense: a Praia de Palmas, em Governador Celso Ramos (SC) e a Lagoa do Peri, em Florianópolis, que tiveram a certificação renovada além da Praia Grande, também em Governador Celso Ramos, e o Iate Clube de Santa Catarina, na Capital, que farão sua primeira temporada. A entrega das certificações será em novembro.

O programa Bandeira Azul faz certificações em três categorias com critérios bastante rígidos de proteção do ambiente marinho e costeiro em todo o planeta. As categorias são praias, marinas e embarcações de turismo e têm como base quatro pontos fundamentais: qualidade da água, segurança, gestão e educação ambiental. Este ano é a primeira vez que uma marina catarinense recebe o certificado.

Se para aprovar uma praia são avaliados quesitos como balneabilidade, guarda-vidas e recipientes adequados para lixo, entre outros, para marinas os quesitos se baseiam na qualidade visual da água.

—Marinas são para circulação de barcos, não é área para banho até mesmo pelos riscos de acidente. O que é avaliado é se há algo que possa prejudicar a água, se há sujeira ou óleo etc — diz a coordenadora nacional da Bandeira Azul, Leana Bernardi.

O Iate Clube de Santa Catarina, fundado há 74 anos, teve apenas a sede do Centro de Florianópolis aprovada — a outra sede fica no bairro Jurerê. No local circulam aproximadamente 450 embarcações.

— Temos outras certificações e licenças ambientais. A Bandeira Azul é criteriosa em relação ao contato da água com combustíveis e derivados de petróleo. Outro ponto é o esgoto. Todas as embarcações são como casas flutuantes, e o esgoto de cada uma deve ser tratado e não jogado no mar  — afirma Pedro Springmann, diretor de meio ambiente do clube.

Este ano é a primeira vez que o programa incluiu a categoria embarcações de turismo, mas o Brasil ainda não teve nenhuma certificação.

Programa está em 49 países e certifica com a Bandeira Azul pontos dentro de três categorias: praias, marinas e embarcações de turismo. Todos os lugares devem atender os mesmo critérios básicos. No Brasil, ainda não há certificação para embarcações.

Cine Pedal Brasil Floripa 2016

13227049_816837341794284_5546318177710018667_n

Não é todo o dia que a você pode ajudar a projetar um filme com a sua energia!

A 1ª edição do Cine Pedal Brasil te convida a participar de um fim de semana inédito. Durante os dias 28 e 29 de maio, a Praça Bento Silvério na Lagoa da Conceição recebe um encontro de pessoas que querem fazer diferente.

Vem de Bike transformar várias histórias e contá-las com um final bem mais feliz :) O nosso evento é gratuito e ao ar livre. Mesmo quem não tem Bike pode ver os filmes e os debates. Vamos falar de acesso democrático ao conteúdo audiovisual, energia limpa e mobilidade urbana em uma experiência interativa e colaborativa, que fica ainda mais inesquecível junto da família e dos amigos.

Os filmes:

Bike vs Carros – Com roteiro e direção de Fredrik Gertten, o filme aborda a questão da mobilidade urbana e como a indústria automobilística influencia nas políticas públicas das cidades.

O Menino e o Mundo – Sofrendo com a falta do pai, um menino deixa sua aldeia e descobre um mundo fantástico dominado por máquinas‐bichos e estranhos seres. Uma inusitada animação com várias técnicas artísticas que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança.
E todo mundo sabe que uma pedalada e uma sessão de filmes dá aquela fome. Por isso, nossas Foodbikes estarão à postos para agradar aos mais diversos paladares. É só pegar o camelo e vir com a gente!

1º Cine Pedal Brasil

Programação:
15h l Abertura do evento: inicio de cadastro de voluntários e ativação das tendas de relacionamento
16h l Subida da Tela e início de música;
17h l Diálogos Com o Público – debate entre representante do filme a ser exibido e profissionais ligados à sua temática;
18h30 l Exibição do filme;
21h l Fim da programação.
Entrada gratuita

Leão-marinho toma banho de sol no Itaguaçu, em Florianópolis

19199841

O bicho permaneceu no alto de uma pedra tomando banho de sol, e o telespectador da RBSTV Aroldo Cardoso registrou a presença. Segundo a Polícia Ambiental, é comum o aparecimento da espécie nesta época do ano com as águas mais frias. Eles saem de suas colônias no Uruguai e Argentina para se alimentar acompanhando as correntes marítimas, e por estarem cansados, podem ficar em nossas praias por até uma semana.

Acompanhamento

Uma equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) esteve no local e fez o monitoramento do animal. A instituição está fazendo uma campanha intitulada “Deixe o Leão descansar”, que indica que é preciso manter a distância destes animais, afastar cães e outros animais para evitar a transmissão de zoonoses e nunca tentar alimentá-los ou colocá-los na água, pois normalmente estão exaustos, apenas querendo descanso.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobrás de produção e escoamento de petróleo e gás natural no pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. O objetivo do projeto é avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e mortos.

Bandeira Azul será hasteada esta semana na Lagoa do Peri

Critérios como educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental, foram alguns dos quesitos exigidos pelo programa

O selo é concedido às praias e marinas que cumprem os critérios divididos em: educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental.

O Parque da Lagoa do Peri receberá nesta quinta-feira, 10, a certificação “Bandeira Azul”. O selo é concedido às praias e marinas que cumprem os critérios divididos em: educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental

O Programa Bandeira Azul teve inicio em 1987 na Europa, já no Brasil foi instituto em 2004, e tem como objetivo elevar o grau de conscientização dos tomadores de decisões para as necessidades de proteger o meio ambiente e incentivar a realizações de ações que conduzam á resolução de conflitos existentes.

Para poder concorrer a esta certificação o município desenvolveu alguns processos de reestruturação no parque como a acessibilidade e atividades voltadas para a educação ambiental. Todas as avaliações necessárias foram julgadas por júris nacionais e internacionais em países como a Dinamarca e Brasil.